terça-feira, 13 de junho de 2017

Compras!

Sou consumista qb, embora bastante contida. Não gasto o meu rico dinheirinho dia sim, dia não, em roupas. Aliás, até tem sido raro ir às compras e a última vez que comprei alguma coisa foi mesmo para o trabalho. Comprar só porque sim, nem sei quando foi a última vez, mas foi seguramente há mais de um ano. Mas pronto, nos dias em que vou decidida a gastar dinheiro e fazer a festa, adoro ir às compras!

Gosto de ir às compras sozinha. Sozinha tipo vou com alguém mas entro e saio das lojas que quero e ninguém precisa de vir atrás de mim. Levar homens é para esquecer, andam sempre contrariados. O meu pai deixa-nos onde queremos, alapa o rabinho num daqueles sofás nojentos onde toda a gente se senta e tem mais bactérias que sei lá o quê, e eu e a minha mãe andamos a ver as coisas. Só que ir às compras com a minha mãe é uma pain in the ass. Ela anda sempre colada a mim, agora pergunta isto, depois quer aquilo, "e qual é o meu tamanho", "achas que isto me serve", "onde é que tem o artigo x", como se eu fosse funcionária da loja. E pior, pior mesmo é quando ela começa: onde é que tem coisas baratas? Oh filha, procura, eu sei lá! A minha mãe é a única pessoa que torna uma experiência de compras na Primark num pesadelo. Odeio ir às compras com ela. É a pessoa mais chata a comprar que eu conheço. E depois nunca gosta de nada, nunca encontra nada que queira muito, vem sempre de lá com cara de cu "porque não tem nada de jeito". Se eu for lá e andar a escolher por ela, já gosta. Armada em fina, precisa de uma personal shopper. 

Sabem aquelas pessoas que andam lá só por andar, nós andamos a mexer nos cabides, a espreitar, a mexer nas coisas para ver e elas andam ali só de antena no ar, a ver assim só de ladex? Outras que enervam! Não é preciso armar a tenda nas lojas, que isso é uma falta de respeito tremenda, mas só vemos verdadeiramente as coisas se lhes tocarmos, se pegarmos. Até porque estando em cabides, as peças tapam-se umas às outras, nem dá para ver bem.

Outras pessoas que também conseguem tornar a experiência de compras menos agradável são aquelas pessoas como a minha querida sogra, que é a primeira a desafiar para irmos e depois NUNCA compra nada. Isto é mau porque me faz sentir a fútil que quer trazer a loja inteira para casa. Uma pessoa sente-se logo mal por estar a gastar dinheiro, sendo que a outra pessoa não leva nada. É triste. 

Eu sou mais desenrascada. Só entro nas lojas onde sei que posso comprar (muito importante!) e onde costumo sempre encontrar coisas que gosto. Vou, vejo tudo, faço uma pre-lista de coisas que posso comprar mas nunca compro logo. A primeira ronda é para ver e analisar preços, só depois se faz a segunda ronda para comprar mesmo. Quantas vezes nos espetamos logo na primeira coisa que vemos e depois ficamos tristes e chateadas porque havia na loja ao lado mais giro ou mais barato? Eu já não caio nesse erro, minhas amigas. 
E depois eu gosto de ver tudo com olhos de ver, de remexer. Faço sempre bons achados... Por isso é que depois as pessoas querem ir comigo às compras, porque eu sei sempre onde encontrar as melhores coisas. Eu vejo a potencialidade das peças. Às vezes a peça em si nem é nada de especial, mas eu visto e começo logo a imaginar combinações com coisas que já tenho e pronto. A minha mãe está sempre "quando te vi a comprar isso pensei que era tão feinho, mas agora vestido até fica bem!". Há que experimentar. 

Eu sei que sou um pesadelo de compras para quem gosta de entrar e sair e já está. Eu preciso de ver com calma, de fazer as rondas, de remexer, e isso nem sempre é compatível com pessoas que têm pressa, que querem é sair dali. É por isso que não gosto de ter ninguém à minha espera. É muito chato andarmos a comprar e saber que as pessoas estão fartas de lá estar, que têm pressa, que querem ir embora. O santo do meu namorado nunca se queixa, mas eu sei perfeitamente que ele se passa quando eu entro na Primark. É desagradável para mim estar nas compras e saber disso, por isso é que prefiro nem comprar nada muitas vezes. Isto de ir às compras tem muito que se lhe diga!

3 comentários:

  1. Eu sou daquelas pessoas que entra, vê e compra. Normalmente, estuda a linha nas lojas online primeiro e quando lá vou é assim, penso rápido ahah!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderExcluir
  2. Eu não gosto nada de comprar roupa, dá-me nos nervos u.u Ou porque tem muitas pessoas na loja, ou porque as pessoas deixam tudo desarrumado e não aguento ver aquele caos todo à minha frente, ou porque não encontro nada do que gosto e chateio-me logo. Geralmente acabo por só dar uma vista de olhos e pronto, se encontrar uma peça que me agrade levo, se não encontrar dou meia volta e vou-me embora. Não tenho muita paciência não :c

    ResponderExcluir
  3. Se eu tiver de comprar uma coisa muito específica, não me importo muito com a companhia (se eu tiver à vontade, claro). Se for para comprar várias coisas (e demorar tempo), prefiro ir sozinha ou com a minha mãe... Mas sozinha corro o risco de perder a paciência, ir-me embora e não comprar nada xD Aborrece-me muito experimentar coisas... Mas nunca compro nada sem experimentar, por isso quando não me apetece, vou-me só embora e não compro nada ahah x) Seja como for, é algo complicado para fazer com pessoas, é... Nisso concordo bastante contigo.

    ResponderExcluir